Porque os projeto de treinamento operacional falham?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Apesar de todas as organizações necessitarem de colaboradores qualificados, muitos projetos de treinamento falham. Entenda as razões.

Hoje em dia, a maioria das organizações, sejam elas industriais, comerciais ou de serviços precisam de trabalhadores qualificados para a atenderem as inúmeras exigências dos seus processos. São padrões e procedimentos envolvendo as operações, a segurança patrimonial e a dos funcionários, o meio ambiente, as questões sociais e questões legais.

Apesar de toda a exigência por qualificação muitos projetos de treinamento de atividades operacionais falham por problemas de interface entre setores

Apesar de toda esta exigência por qualificação, muitos dos esforços empregados em treinamento, em especial os de operação falham. Isto se reflete principalmente os indicadores operacionais de mostram que a maioria das perdas e desperdícios que acontecem nas organizações tem origem na execução das atividades pelas pessoas. Os incidentes e acidentes de trabalho, na sua maioria, também tem origem na má qualificação ou negligência das pessoas no atendimento aos procedimentos básicos do trabalho.

Isto ocorre porque o treinamento operacional é um problema que acontece na interface entre três áreas: A área de produção e/ou operações, a área da qualidade e a área de desenvolvimento humano. E estas precisam trabalhar em conjunto para chegarem a um resultado satisfatório.

O problema do treinamento operacional acontece na interface da produção, qualidade e desenvolvimento humano

Veja o nosso comentário sobre este tema:

Porque os projeto de treinamento operacional falhas. Por Albert Geiger (CEO)

A produção e/ou operações são os setores que mais demandam pessoal qualificado para execução das suas atividades. Porém, muitas vezes os gestores destas áreas tem dificuldade de liberar os seus colaboradores para atividades de treinamento. Isto ocorre porque as organizações hoje em dia estão com suas estruturas de pessoal muito pressionadas. Há pouca flexibilidade para remover as pessoas do local de trabalho sem comprometer o volume a ser produzido.

Já a qualidade é que estabelece os padrões através de procedimentos e instruções de trabalho. Estes instrumentos, embora úteis, são pouco adequados para capacitar as pessoas. São estáticos e pouco visuais, permitindo más interpretações que podem gerar erros potenciais de interpretação.

Em relação ao desenvolvimento humano, os responsáveis de treinamento geralmente não conhecem tecnicamente as atividades operacionais e, por esta razão, têm dificuldade apoiar as atividades de treinamento operacional acabando direcionando seus esforços para outras atividades, tais como liderança e motivação, as chamadas softskills.

Desenvolva treinamentos dirigidos que sejam executados no próprio local de trabalho.

Para resolver este problema uma das principais providências é estabelecer formas de treinamento e capacitação que possam ser executados diretamente no posto de trabalho reduzindo assim a necessidade de deslocamentos e perdas de tempo, tão preciosos nas áreas produtivas. Para que isto seja possível, os cursos devem ser concebidos para serem rápidos e dirigidos, permitindo que sejam executados nos tempos mortos de produção, tais como tempos de setup, tempos de limpeza de máquinas, etc.

Para fazer isto, o uso de técnicas de criação de conteúdo chamadas de micro aprendizagem são muito úteis. Baseia-se na construção de conteúdos curtos e dirigidos com, no máximo 10 min, utilizando-se de recursos de hipermídia (texto, imagens e vídeos). Estes cursos tem de ser dirigidos, voltados diretamente às necessidades de operação envolvendo principalmente as seguintes questões:

  • O que fazer? Descrever claramente qual é o objetivo do treinamento e sua importância para o desenvolvimento das atividades operacionais.
  • Como fazer? Apresentar uma sequência visual das atividades a serem executadas. Usar imagens que representem as atividades passo a passo. Se possível adicionar vídeos que demonstrem dinamicamente as tarefas a serem realizadas.
  • Porque fazer? Reforçar a importância da execução das atividade se forma correta. Esclarecer para as as pessoas quais os problemas que poderão ocorrer se as atividades não forem executadas da forma correta.

Este instrumento de treinamento pode ser elaborado diretamente pelas equipes da qualidade nos próprios locais de trabalho. Cabe destacar que atualmente a criação de instrumentos (instruções e treinamentos) no formato de hipermídia estão aptos a atender aos padrões dos sistemas de gestão mais exigentes tais como a ISO 9001:2015

Esta nova forma de tratar o treinamento operacional é também muito benéfico para a área de desenvolvimento humano das organizações. Através dela é possível envolver as áreas fins no processo sem que esta execução se torne um peso. Assim os gestores da área podem se dedicar as suas especialidades e, ao mesmo tempo, garantir que os treinamentos operacionais irão ocorrer de maneira satisfatória.

Veja também