6 estratégias matadoras para treinar os funcionários diretamente no posto de trabalho

Treinar os funcionários diretamente no posto de trabalho tem inúmeras vantagens. Esse método não só ajuda a entender melhor a realidade dos processos, mas também reduz perdas de produção e despesas com infraestrutura para o treinamento, além de custos com deslocamento dos colaboradores. Neste artigo iremos apresentar seis estratégias matadoras para implementar esse tipo de treinamento com eficácia:

1. Criação de Conteúdos Diretamente no Posto de Trabalho

A criação de conteúdos diretamente no posto de trabalho permite ao instrutor adquirir um conhecimento profundo do processo, entrevistar operadores e identificar problemas tácitos que precisam ser enfrentados. Quando o treinamento é desenvolvido no local onde o trabalho acontece, ele se torna mais relevante e contextualizado, facilitando a absorção do conhecimento pelos funcionários.

Benefícios:

  • Conteúdos específicos e alinhados com a realidade do posto de trabalho.
  • Identificação de problemas e lacunas no processo em tempo real.
  • Maior envolvimento dos funcionários, que se sentem parte do desenvolvimento do treinamento.

2. Utilização de Treinamentos Digitais de Até 10 Minutos

Micro treinamentos de curta duração, de até 10 minutos, são mais eficientes e, se bem ilustrados com imagens e vídeos, aumentam a retenção do conhecimento. Esses treinamentos curtos mantêm os funcionários engajados e permitem que eles aprendam sem comprometer significativamente suas tarefas diárias.

Benefícios:

  • Fácil assimilação e memorização dos conteúdos.
  • Flexibilidade para encaixar o treinamento nas rotinas diárias dos funcionários.
  • Redução da fadiga cognitiva, mantendo o foco e o interesse.

3. Criação de Trilhas de Conhecimento

Os micro treinamentos precisam ser sequenciados em trilhas de conhecimento. Isso significa organizar os treinamentos em uma ordem lógica e progressiva, permitindo que os funcionários construam conhecimento de forma estruturada e contínua.

Benefícios:

  • Facilita a progressão do aprendizado e o domínio gradual das habilidades.
  • Oferece um caminho claro para o desenvolvimento profissional dos funcionários.
  • Permite a personalização dos treinamentos de acordo com as necessidades e níveis de conhecimento dos funcionários.

4. Envolvimento das Lideranças Diretas no Processo

O envolvimento das lideranças diretas no processo de treinamento é crucial. Líderes que participam ativamente dos treinamentos mostram aos funcionários a importância dessas atividades e ajudam a garantir a execução por parte de todos. A corresponsabilidade das lideranças na aplicação do treinamento aumenta o comprometimento e a motivação da equipe.

Benefícios:

  • Maior comprometimento e seriedade por parte dos funcionários.
  • Reforço da cultura de aprendizado contínuo na organização.
  • Feedback imediato e suporte durante a aplicação dos novos conhecimentos.

5. Associar os Conteúdos dos Treinamentos à Solução de Problemas Reais

Os conteúdos dos treinamentos precisam ser atraentes, importantes e relevantes para a audiência. Associar os treinamentos à solução de problemas reais do posto de trabalho torna o aprendizado mais significativo e prático. Funcionários veem valor imediato na aplicação do que aprendem.

Benefícios:

  • Motivação aumentada por parte dos funcionários ao verem a utilidade prática do treinamento.
  • Solução de problemas reais e imediatos, melhorando a eficiência do trabalho.
  • Reforço do aprendizado por meio da aplicação prática.

6. Monitorar se os Conteúdos Aprendidos Estão Sendo Postos em Prática

De nada adianta aprender se os conteúdos não estão sendo postos em prática. É essencial monitorar a aplicação do que foi aprendido no dia a dia dos funcionários. Isso pode ser feito por meio de observações diretas, feedbacks regulares e avaliações de desempenho.

Benefícios:

  • Garantia de que o conhecimento adquirido está sendo efetivamente utilizado.
  • Identificação de áreas onde os funcionários ainda precisam de suporte ou treinamento adicional.
  • Melhoria contínua dos processos e das competências dos funcionários.

Portanto, treinar os funcionários diretamente no posto de trabalho é uma estratégia eficaz que traz inúmeros benefícios para a organização. Implementando essas seis estratégias matadoras, é possível desenvolver treinamentos mais relevantes, engajadores e práticos, que realmente façam a diferença no desempenho e na produtividade dos funcionários. Ao adotar essas práticas, a empresa não só melhora seus processos internos, mas também promove um ambiente de aprendizado contínuo e valorização profissional.